Académica
Beira Mar
Benfica
Braga
Estoril
Porto
Gil Vicente
Marítimo
Moreirense
Nacional
Olhanense
Paços de Ferreira
Rio Ave
Sporting
Vitória de Guimarães
Vitória de Setúbal
 
Todos os artigos relacionados com "Futebol"

O que é o TugaSport?

O TugaSport tem como objectivo informar-lhe e dar-lhe a conhecer as ultimas novidades no mundo do desporto. Poderá também assistir aos jogos de futebol online, aqui no TugaSport!.

Portugal 1 – Itália 3

Portugal Itália

Há mais de 30 anos que a selecção portuguesa de futebol não vence a Itália e ainda não foi desta. Hoje, perdeu por 3-1 e fez uma exibição pobre. O golo de Portugal foi marcado por Ricardo Quaresma. O primeiro dos jogos de preparação para o Euro 2008, que se disputa em Junho na Áustria e Suíça, correu mal.

Scolari voltou a perder com a Itália, tal como sucedera no seu primeiro jogo à frente da Selecção Nacional em Braga, de preparação para o Euro’2004, a 12 de Fevereiro de 2003. Já lá vão quase cinco anos. Esta noite, Portugal, que perdeu por 3-1, no Estádio Letzigrund, na Suíça, até esteve melhor do que os campeões mundiais na primeira parte, mas a eficácia transalpina ditou leis ainda no primeiro período, com Ricardo da falhar uma intercepção e Luca Toni a não perdoar. O segundo tempo foi quase totalmente dominado pela Itália. A Selecção Nacional jogou bem no primeiro período, apenas pecando na transição (lenta) defesa-ataque. Mas o jogo era dominado pelos portugueses, com os italianos na expectativa, espreitando o contra-ataque, como muito bem sabe executar. Aos 21’, Deco apontou um canto e Bruno Alves cabeceou um pouco por alto. Quatro minutos após, Deco rematou com o pé esquerdo, ao lado. Aos 37’ foi Makukula a atirar também de pé esquerdo, ao lado. Aos 42’, Cristiano Ronaldo, na conversão de um livre directo, obrigou Amelia a grande defesa. A tudo isto respondeu a Itália com um remate de Di Natale para boa parada de Ricardo. Já no minuto de compensação, a Itália inaugurou o marcador, por Luca Toni. No segundo tempo, Scolari mudou o 4X3X3 para um 4X2X3X1 com as sucessivas alterações que introduziu. Mas o que alterou tudo foi a entrada em grande da Itália, que fez o 2-0 logo aos 50’, por Pirlo, num remate que embateu em Cannavaro e traiu Ricardo. A Itália mandava à vontade no jogo. Portugal limitava-se a tímidas tentativas de marcar, o que acabaria por suceder aos 77’. Cruzamento da esquerda de Nani, falha de Hugo Almeida, mas Quaresma, atento, bateu Amelia. Simplesmente, a Itália demorou apenas um minuto a repor a diferença, por Quagliarella, aos 78’. Ficou clara a ideia que a equipa campeã mundial está uns furos acima da Selecção Nacional. Estamos a quatro meses do Euro’2008. Vamos esperar…

[in O Jogo]

Lembram-se de Iordanov?

IordanovPelos vistos ganhou o tal processo contra o Sporting. O Tribunal de Trabalho deu razão à queixa apresentada por Iordanov ao clube leonino. Desta forma, existe a obrigação por parte do Sporting de procederr à realização de um jogo de homenagem ao búlgaro.

O Sporting ainda pode recorrer ao Tribunal da Relação (eu espero que não o faça que já estou farto de ouvir esta história e sei muito bem que o Iordanov merece o jogo), mas para isso tem um prazo de 20 dias que depois é obrigatório a realização do jogo (data do evento, lista de convidados e publicidade, sob pena de pagar mil euros por dia de atraso.

Recorde-se que no diferendo com o Sporting, Iordanov reclama o incumprimento da cláusula 1.ª de uma adenda ao contrato que tinha com o clube, a qual refere que a “Sporting SAD compromete-se a realizar um jogo de despedida, em homenagem, em data a acordar entre ambas as partes”, o que o Sporting não cumpriu.

O ex-jogador alegou que só podia convidar os intervenientes para a sua festa na data que o Sporting indicasse. Por outro lado, o Sporting referiu, em comunicado publicado no seu site, que a organização do jogo, bem como a constituição da equipa que iria defrontar o clube de Alvalade, seria da responsabilidade de Iordanov, que só terá demonstrado interesse nisso três épocas após o previsto, em Outubro de 2005, quando “as circunstâncias idealizadas já não se verificavam”. A justiça ficou do lado do ex-jogador.

Iordanov foi o primeiro capitão de equipa do Sporting Clube de Portugal não português, ainda que Balakov, também búlgaro, tenha desempenhado, esporadicamente, esse papel algum tempo antes. Mas o popular Iorda9, com nove temporadas em Alvalade, mereceu distinção, era um exemplo total, a sua dedicação era marca registada em todos os jogos de leão ao peito.

Acho muito bem! Vamos mal em tudo. Só mesmo faltava esta.

CAN 2008: Angola empatou com Tunísia e fez história

Angola na CAN2008A selecção angolana garantiu, pela primeira vez na história, a passagem aos quartos-de-final da Taça Africana das Nações (CAN). Os Palancas Negras empataram com a Tunísia, resultado que colocou as duas equipas na fase seguinte.

A África do Sul era a única equipa que podia ultrapassar Angola no segundo lugar, mas depois de estar a vencer 1-0, o Senegal igualou a partida deitando por terra as aspirações dos anfitriões do Mundial 2010. A minha pátria terminou em último lugar do grupo com 1 ponto (mau ensaio para António Parreira).

Já Oliveira Gonçalves,  técnico dos «palancas negras», tinha boas razões para estar feliz. «Estamos satisfeitos por atingir esta fase pela primeira vez na nossa história. África sabe agora que Angola é um país de futebol», afirmou Oliveira Gonçalves. «Os meus jogadores foram sérios no plano táctico. Tivemos duas ocasiões para ganhar, mas o resultado é justo.

Angola vai agora defrontar o Egipto, detentor do título, a 4 de Fevereiro, nos quartos-de-final.

Roubaram a camisola do Ronaldo

A camisola oferecida por Cristiano Ronaldo ao capitão do Reading no final do jogo de ontem, que o Manchester United venceu por 2-0 (o internacional português marcou o segundo golo dos «red devils»), desapareceu do balneário para desespero de Graeme Murty.

«Foi um jogador ou um funcionário do clube. Tenho uma lista de suspeitos, mas não vou revelar os nomes, pois isso pode alertá-los. Alguém roubou a camisola e vou descobrir o responsável», prometeu Murty, que conta com a solidariedade do companheiro de equipa Kevin Doyle.

Cristiano Ronaldo

«Eu também estaria irritado se estivesse no lugar dele. Hoje em dia, tudo vale dinheiro e tudo se vende. A camisola pode surgir na Internet daqui a alguns dias», vaticina.

Cristiano Ronaldo mostrou-se surpreendido: «Roubaram a camisola? Dei-lha no final do jogo e não sei o que aconteceu depois disso».

1º Fórum do Futebol

O seleccionador nacional, Luiz Felipe Scolari, tem presença confirmada no 1º Fórum do Futebol, que se realiza a 8 e 9 de Fevereiro, em Santarém, e que conta com uma “cimeira” federativa luso-espanhola no encerramento.

Segundo a Associação de Futebol de Santarém (AFS), os presidentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madaíl, e da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Angel María Villar, estarão presentes no último dia do Fórum, em que serão debatidos diversos temas.

Por confirmar está a participação do treinador José Mourinho, enquanto o presidente da Liga Portuguesa, Hermínio Loureiro, o antigo internacional Paulo Sousa e o árbitro internacional Olegário Benquerença (Leiria) já garantiram que estarão no Fórum organizado pela Comissão Delegada das Associações Distritais e Regionais de Futebol.

Os técnicos convidados – Scolari e Mourinho – deverão abordar os “conceitos de liderança de equipa”, enquanto Paulo Sousa e Olegário Benquerença protagonizam o painel dedicado à “formação de agentes desportivos”.

Além destas temáticas, do programa para o Fórum, que vai decorrer no Centro Nacional de Exposições (CNEMA), em Santarém, constam outros quatro painéis temáticos.

“Um erro histórico – A divergência crescente entre o papel das Associações no desenvolvimento do futebol português e as últimas tendências legislativas”, é o mote para o primeiro painel, com comunicações de Albino Maria e José Manuel Meirim.

Scolari

Assegurada está ainda a participação do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Hermínio Loureiro, que juntamente com José Neto, abordará a “organização do futebol e a relação entre futebol profissional e não profissional”.

Segundo a AFS, por confirmar estão também as presenças de Miranda Calha, convidado para o painel sobre “a relação entre o estado e o movimento associativo”, juntamente com o ex-presidente do Instituto do Desporto de Portugal José Manuel Constantino, e Marcelo Rebelo de Sousa, para abordar o tema “ser dirigente” com Pedro Sarmento.

O presidente da AFS, Rui Manhoso, explicou à Agência Lusa que “estão convidados todos os clubes de futebol do país, os sócios da Federação Portuguesa de Futebol, assim com as Federações desportivas de modalidades amadoras e membros do governo”, mostrando-se optimista com “o actual número de inscrições registadas” para o evento.

Fonte: Lusa