Académica
Beira Mar
Benfica
Braga
Estoril
Porto
Gil Vicente
Marítimo
Moreirense
Nacional
Olhanense
Paços de Ferreira
Rio Ave
Sporting
Vitória de Guimarães
Vitória de Setúbal
 
Todos os artigos relacionados com " taça"

O que é o TugaSport?

O TugaSport tem como objectivo informar-lhe e dar-lhe a conhecer as ultimas novidades no mundo do desporto. Poderá também assistir aos jogos de futebol online, aqui no TugaSport!.

Benfica: O dia em que a bola não entrava

Tiveram que recorrer às grandes penalidades para encontrarem o vencedor do Benfica-Penafiel. Coube a Moreira defender a única bola nos penalties e levar o Benfica à seguinte eliminatória da Taça de Portugal Millenium.

O Penafiel caiu de pé na luz. Uma equipa aguerrida e que soube ter a sorte do jogo também com os falhanços dos avançados benfiqueistas. Para além disso, as barras também contribuíram para o guarda-redes penafidelense.

Quique Flores promoveu revolução no «onze» e os jogadores que têm sido menos utilizados não souberam aproveitar a oportunidade de mostrar serviço ao treinador espanhol. Léo jogou tímido na esquerda, Balboa e Urreta estiveram «apagados» nos extremos, Bynia faltoso e com alguns passes errados no meio campo, ao passo que Makukula, ainda que empenhado, revelou alguma atrapalhação no momento de visar a baliza.

Ao futebol lento do Benfica respondeu o Penafiel com exibição personalizada e solidária, jogando em toda a extensão do relvado e pressionando os defesas encarnados logo à saída da área. Bem organizado, encarou sempre o adversário nos olhos e manteve o Benfica longe do seu último reduto, criando várias situações de sobressalto na área encarnada.

No prolongamento, o Benfica «carregou» à procura do golo, dispôs de várias ocasiões para fazê-lo – algumas delas soberanas, por Makukula –, mas não conseguiu bater José Eduardo. O Penafiel nunca se desorganizou e mereceu que a decisão ficasse adiada para as grandes penalidades.

Na «lotaria», a sorte sorriu ao Benfica. Reyes, Di María, Katsouranis, Rúben Amorim e Suazo marcam para o Benfica. Vítor, Quim e Vagner marcam para o Penafiel. Moreira defendeu o remate de Dias.

Benfica junta-se assim a Sporting e Porto na IV eliminatória da Taça de Portugal Millenium. Em relação aos outros confrontos, destaca-se a eliminação do Rio Ave e do Marítimo pelos “pequenos” Gil Vicente e Arouca.

Sorteio da Taça de Portugal: um passeio para os grandes

Pelo menos é o que diz o Benfica e o Sporting.

O sorteio da 3ª eliminatória da Taça de Portugal deste ano ditou os confrontos Benfica-Penafiel, Sertanente-Porto e U. Leiria-Sporting. Uma breve antevisão aos 3 jogos principais:

Benfica-Penafiel

Conhecidos os problemas do Benfica, estes pensam que vão ter tarefa fácil contra o Penafiel. Uma equipa que deu luta na Taça quando foi eliminado pelo Porto. O favorito é obviamente a equipa encarnada. Joga em casa, frente aos seus adeptos e perder é proibido no início desta competição.

Sertanense-Porto

Literalmente um passeio para o Porto, ao voltar a encontrar o Sertanense para a Taça de Portugal como a época passada. Os portistas vão encher novamente os cofres do clube da Sertã. Isto é, se não acontecer o milagre de Fátima como na Taça da Liga…

U. Leiria – Sporting

Dos 3 grandes é o que tem a partida mais dificil. De recordar que o Sporting foi humilhado 4-1 no reduto do Leiria o ano passado (e que traz más recordações para mim já que foi o primeiro jogo que assisti fora de Alvalade). O treinador do Leiria, Paulo Alves vai dificultar ao máximo os bicampões da Taça de Portugal.

Benfica e Sporting jogam dia 19 enquanto o Porto joga no dia anterior. Eis a lista completa dos jogos para da 3ª eliminatória:

V. Setúbal-Ribeirão
Arouca-Marítimo
P. Ferreira-Rebordosa
U. Leiria-Sporting
Sertanense-F.C. Porto
D. Chaves-Sp. Braga
Esmoriz-Maria da Fonte
V. Guimarães-U. Lamas
Sanjoanense-Gondomar
D. Aves-Gândara
Benfica-Penafiel
Torreense-Académica
(Santa Clara-vencedor do Lusitano-Fiães)-Freamunde*
Nacional-Angrense
Olhanense-Valdevez
Gil Vicente-Rio Ave
Fátima-Feirense
Beira Mar-Atlético Monsaraz
Aliados Lordelo-Trofense
Paredes-Cinfães
Amares-Belenenses
Boavista São Mateus-Naval
Portimonense-Pinhalnovense
Leixões-Caniçal
Sp.Covilhã-Varzim
Boavista-Lousada
E. Amadora-Operário Açores
Santana-Odivelas
Vizela-Estoril
U. Madeira-Camacha
Fabril Barreiro-Ol. Moscavide
(Vencedor do Peniche-Fafe-Sourense)-Torre Moncorvo*

*Jogos pendentes, na sequência de protestos: Lusitano-Fiães e Peniche-Fafe.

Taça da Liga: final muito má em noite de Eduardo

O V. Setúbal é o vencedor da primeira edição da Carlsberg Cup! A equipa orientada por Carlos Carvalhal derrotou o Sporting nas grandes penalidades (3-2), após empate sem golos no final dos 90 minutos, inscrevendo com letras de ouro o nome do clube sadino na novel competição do futebol português.

O V.Setúbal, a realizar época a todos os títulos notável (segue na quarta posição no Campeonato e está nas meias-finais da Taça de Portugal), fechou assim com chave de ouro a campanha numa competição onde deixou pelo caminho, entre outros, o Benfica.

Vitória de Setúbal

Mas vamos ao «filme» da final, que lotou as bancadas do Estádio do Algarve. Esperava-se que V. Setúbal e Sporting se deixassem contagiar pelo ambiente de festa e entusiasmo que se vivia nas bancadas completamente lotadas, mas o futebol das duas equipas padeceu do mesmo mal: falta de iniciativa atacante, total ausência de arrojo e rasgos de talento dos «artistas» nas quatro linhas.

O Sporting pode até ter tido mais posse de bola na primeira metade, mas o conjunto leonino não revelou arte nem engenho para incomodar a baliza à guarda de Eduardo. Contam-se remates de Liedson (14m) e João Moutinho (27m), ambos de fora da área… e fraquinhos. Pouco, muito pouco.

O V. Setúbal, bem organizado, anulava as tímidas iniciativas do adversário, procurando fazer das rápidas transições para o ataque a sua «arma» para levar o perigo ao último reduto verde-e-branco. Diga-se que os sadinos ficam com razões de queixa de Pedro Proença num desses lances, por falta de Abel sobre Cláudio Pitbull (isolava-se frente a Rui Patrício) merecedora de grande penalidade e respectivo cartão vermelho directo que ficou por exibir ao defesa leonino.

Em suma, o «nulo» ao intervalo espelhava na perfeição a fraca produção das duas equipas nos primeiros 45 minutos.

A etapa complementar, essa sim, teve arranque digno de uma final, proporcionando a emoção que primara pela ausência na primeira metade. Cláudio Pitbull enviou a bola ao poste na transformação de um livre directo (50m) e Bruno Gama atirou uma «bomba» às malhas laterais (62m). Cheirava a golo no Estádio do Algarve!

O Sporting respondeu por Vukcevic, que, após lance de entendimento com Romagnoli, ficou perto de fazer funcionar o marcador. O médio argentino seria o protagonista do derradeiro lance em que a equipa de Paulo Bento logrou incomodar o último reduto contrário, com um remate desferido no interior da área que passou perto do «alvo».

Os minutos finais foram disputados mais com o coração do que com a cabeça por parte do Sporting, com a natural falta de discernimento daí decorrente, enquanto o V. Setúbal se limitou, com maior ou menor dificuldade, a afastar o perigo. Conclusão, o vencedor da primeira edição da Carlsberg Cup seria conhecido através da marcação de grandes penalidades.

O V. Setúbal foi mais certeiro na «lotaria», convertendo com sucesso três remates da marca dos onze metros (Auri, Cláudio Pitbull e Elias), contra apenas dois do Sporting (Romagnoli e João Moutinho). Jorginho e Paulinho falharam para os sadinos; Polga, Liedson e Izmailov para os «leões» – Eduardo vestiu a pele de herói para travar os três remates.

Taça UEFA – Resultados 1ª mão oitavos de final

Taça UEFA

Benfica perde em casa, perde Cardozo e compromete…

O Benfica perdeu em casa com o Getafe, por 1-2, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Taça UEFA. Comprometeu o Benfica, mas haverá que dizer que jogou praticamente todo o encontro com dez elementos, uma vez que Cardozo recebeu ordem de expulsão, aos nove minutos, por eventual agressão com uma cotovelada a Belenguer, central do Getafe. A partir daí foi a entrega total dos jogadores “encarnados” empenhados em suprir a falta do seu companheiro e tentarem chegar à vitória. Não o conseguiram. Aproveitaram melhor e foram mais felizes os espanhóis, que chegaram primeiro à vantagem de 1-0, através de um remate de De la Red, aos 25 minutos, em que a bola bateu nas pernas de Ed Carlos e surpreendeu o guarda-redes Quim, e, mais tarde, já no segundo tempo, quando Hernandez em habilidade, aos 67 minutos, fez o 2-0. Entrou Mantorras em campo, o Benfica ganhou alegria no ataque e o angolano, sempre esforçado, conseguiu ainda amenizar a derrota da sua equipa, com um golo de belo efeito, iam decorridos 75 minutos. Tarefa difícil agora a do Benfica, na segunda mão, em Madrid.

Sporting empata no terreno do Bolton

O Sporting foi obter um empate (1-1) ao Reebok Stadium, terreno do Bolton, em Inglaterra, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Taça UEFA. Foi uma partida movimentada de princípio a fim, plena de oportunidades para ambas as equipas e que poderá dizer-se desde já, foi mais equilibrada no segundo tempo, quando os jogadores leoninos, rectificados alguns posicionamentos, partiram em busca de alterar o resultado que nessa altura lhes era desfavorável. De facto, apesar do golo de McCann, aos 25 minutos ter sido de algum modo feliz, fruto de uma série de ressaltos sem que a defesa do Sporting conseguisse afastar a bola da sua baliza, a verdade é que houve mais Bolton nos primeiros 45 minutos. Depois tudo mudou, e foi o Sporting quem foi mais acutilante, mais mandão e quem mais pressionou. O golo do empate, obtido por Vukcevic, aos 70 minutos, foi o corolário lógico dessa superioridade. Um remate forte, à entrada da área, indefensável e que colocou justiça no resultado, deixando o Sporting em vantagem para o jogo da segunda mão, em Alvalade.

Nos restantes jogos, destaques para a vitória por 5-0 do Bayern de Munique e a derrota do Werder Bremem na Escócia:

Anderlecht – Bayern, 0-5
Fiorentina – Everton, 2-0
Marselha – Zenit, 3-1
Rangers – Werder Bremen, 2-0
Bolton – SPORTING, 1-1
B. Leverkusen – Hamburgo, 1-0
Tottenham – PSV, 0-1
BENFICA – Getafe, 1-2

Os jogos da segunda «mão» estão agendados para os próximos dias 12 e 13

Taça UEFA: Passeio, Susto, Confirmação

Taça UEFAPodia ter sido melhor, mas confirmou-se o que já se esperava. A derrota por 0-3 na Alemanha já oferecia poucas esperanças aos arsenalistas, que voltaram agora a ser derrotados por um golo solitário. Quem também esteve à beira da eliminação foi o Benfica, que chegou a estar a perder por 0-2 na Alemanha e só chegou ao empate nos últimos minutos, alcançando a desejada qualificação. Já o Sporting, que partia com dois golos de vantagem, teve missão mais facilitada, aplicando agora três golos sem resposta ao Basileia.

Mas mais portugueses estiveram em acção. José Peseiro, que apostou em Hélder Postiga a titular, viu o seu Panathinaikos ser eliminado pelo Rangers, assim como aconteceu com Geraldo (AEK) diante do Getafe, espanhóis que vão encontrar o Benfica. O At. Madrid (sem Simão e com José Castro no banco de suplentes) empatou a zero diante do Bolton (Vaz Tê também esteve no banco) e são os ingleses que vão defrontar o Sporting nos oitavos-de-final.

Apurados ficaram Nuno Valente, titular no Everton que venceu por 6-1 os noruegueses do Brann, e Ricardo Rocha, que ficou no banco no empate que valeu o apuramento ao Tottenham diante do Slávia Praga.

Resultados (entre parêntesis o resultado da primeira mão):

B. Leverkusen (Ale) – Galatasaray (Tur), 5-1 (0-0)
Spartak Moscovo (Rus) – Marselha (Fra), 2-3 (0-3)
Hamburgo (Ale) – Zurique (Sui), 3-1 (3-1)
Panathinaikos (Gre) – Rangers (Esc), 1-1 (0-0)
Bayern (Ale) – Aberdeen (Esc), 5-1 (2-2)
Getafe (Esp) – AEK (Gre), 3-0 (1-1)
At. Madrid (Esp) – Bolton (Ing), 0-0 (0-1)
Villarreal (Esp) – Zenit (Rus), 2-1 (0-1)
Bordéus (Fra) – Anderlecht (Bel), 1-1 (1-2)
Helsingborg (Sue) – PSV (Hol), 1-2 (0-2)
Tottenham (Ing) – Slavia (Che), 1-1 (2-1)
Fiorentina (Ita) – Rosenborg (Nor), 2-1 (1-0)
Basileia (Sui) – SPORTING (POR), 0-3 (0-2)
Everton (Ing) – Brann (Nor), 6-1 (2-0)
Nuremberga (Ale) – BENFICA (POR), 2-2 (0-1)
SP. BRAGA (POR) – Werder Bremen (Ale), 0-1 (0-3)

Sorteio dos oitavos da Taça de Portugal

SorteioO Sertanense, único clube da III Divisão nos oitavos-de-final da Taça de Portugal, vai receber o F.C. Porto, segundo ditou o sorteio realizado esta terça-feira. Benfica e Sporting voltam a jogar em casa, desta vez frente a adversários da Liga, P. Ferreira e Marítimo, respectivamente.

Na agenda da próxima ronda ficou marcado também um V. Setúbal-V.Guimarães. os jogos estão marcados para 10 de Fevereiro.

Amândio de Carvalho, vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, explicou os motivos para ainda haver clubes isentos nesta fase, defendendo que tem a ver com o número de clubes existentes à partida. «Atendendo ao número de clubes participantes, fez-se tudo de forma a que se atinja numero par nos quartos-de-final», afirmou.

Jogos dos oitavos-de-final:

Sertanense-F.C. Porto
Valdevez-Moreirense
Benfica-P. Ferreira
Naval-Rio Ave
Gil Vicente-Leixões
Sporting-Marítimo
V. Setúbal-V. Guimarães

Isento: E. Amadora

CAN: Gana dá o pontapé de saída com triunfo sobre a Guiné

CANA Taça das Nações Africanas (CAN) começou este domingo com uma vitória da selecção da casa. O Gana bateu a Guiné-Conacri por 2-1 num bom prenúncio para a 26ª edição da prova mais importante do continente.

Houve muita emoção com três golos, bolas nos postes e um ritmo intenso. Mas o público que foi ao Estádio Ohen Jan só teve os verdadeiros prémios no segundo tempo, quando chegaram os golos.

O Gana inaugurou o marcador aos 55 minutos por Gyan, mas a Guiné igualou o marcador aos 65, por Kalabane. Mas não estava tudo acabado. No último minuto de jogo, a selecção da casa entrou a vencer com um golo de Muntari.

O segundo jogo deste Grupo A da CAN 2008 joga-se esta segunda-feira entre a Namíbia e Marrocos.

Pages:12»